Agende uma reunião, sem compromisso, para discutir o seu projeto e as melhores soluções para ele.

Entrar em contato

Gerenciamento de estoque na farmácia

O controle e a gestão eficiente dos seus níveis de estoque são peças-chave para a sustentabilidade financeira das farmácias. O estoque é o “coração” da farmácia; se ele não vai bem, tudo pode ficar comprometido. O desabastecimento ou a falta de mercadorias traz consequências imediatas aos resultados e às vendas.

Esse controle muitas vezes não depende apenas do seu esforço, pois alguns fornecedores podem cometer erros no processo logístico e de entrega e deixar sua farmácia com falta de alguns medicamentos.

Para evitar erros, sempre que o fornecedor vier fazer a entrega, realize a conferência do que foi entregue. O ideal é ter um bom software de gestão com a funcionalidade de conferir de forma automatizada o estoque, mas caso você não tiver, faça a conferência visualmente para confirmar se os produtos e quantidades descritos na nota estão de acordo com o que foi entregue pelo fornecedor.

Faça um controle rigoroso dos lotes de produtos e seus respectivos vencimentos, pois isso irá lhe assegurar uma grande diminuição no risco de perda de produtos devido à data de vencimento ultrapassada e, consequentemente, evitará que você esteja perdendo dinheiro.

Faça uma contagem periódica do estoque, sendo que o ideal é que seja feita uma vez ao mês. A realização de um simples balanço de estoque é capaz de validar vários problemas na gestão de caixa de um negócio.

Procure listar os medicamentos com maior e menor saída, pois de nada adianta investir em uma grande quantidade de um determinado tipo de medicamento se a sua farmácia, na verdade, vende muito mais outro. Aproveite e inclua algumas outras informações relevantes também, como a validade desses medicamentos e o tempo que o fornecedor leva para entregar depois de feito o pedido.

E não se esqueça de também fazer o controle de estoque daqueles outros produtos que não são comercializados, mas que são essenciais para o funcionamento da sua farmácia como as embalagens, os panfletos, os cartões de visitas, os brindes, as sacolas, entre outros.

É imprescindível que você tenha uma excelente gestão de estoques e uma forma de conseguir isso é investir na automatização dos processos, ou seja, em utilizar algumas ferramentas como softwares e aplicativos, por exemplo, que auxiliem na gestão de estoques.

Simples planilhas eletrônicas, por exemplo, já podem lhe ajudar nessa tarefa, porém não é a melhor solução para fazer o controle do estoque da sua farmácia. O ideal mesmo é investir em softwares de qualidade, que visem melhorar a gestão, reduzir custos e proporcionar melhores oportunidades para o seu negócio.

Uma gestão de estoque para farmácias, se feita de forma eficiente, é capaz de assegurar a sua sobrevivência no mercado, lhe ajudar a superar a concorrência e a garantir a satisfação dos seus clientes.

Fonte: Checklist Fácil, Neo Química e CDV Farma.

Voltar para blog

Agende uma reunião, sem compromisso, para discutir o seu projeto e as melhores soluções para ele.

Entrar em contato