Agende uma reunião, sem compromisso, para discutir o seu projeto e as melhores soluções para ele.

Entrar em contato

5 erros da gestão de categorias em farmácias

Há muito tempo as farmácias foram além dos medicamentos e passaram a atrair consumidores pelo sortimento de produtos. Com um mix de produtos cada vez mais atrativo, gerenciar as categorias passou a ser um processo que requer planejamento e estratégias. Para ter sucesso no setor, é preciso criar ações integradas entre indústria, varejo e consumidor e se livrar de erros muitos comuns entre varejistas, como:

1.Ter foco na marca/produto, ao invés de um olhar da categoria
O segmento tem tido cada vez mais apelo em categorias de não-medicamentos. Analisar o conjunto e não apenas um produto faz a rede ganhar na média de compra e a torna menos dependente de uma única marca.

2.Troca de share, ao invés de crescimento de compra
O que fazer para uma categoria crescer? Aumentar a compra e o consumo da categoria. É um pensamento que vai muito além de só pensar em uma marca. É preciso focar em ações que envolvem vários produtos de uma mesma categoria.

3.Atacar os consumidores existentes, ao invés de buscar conquistar novos
Como atrair novos usuários para a categoria? Não se trata de abandonar os clientes já conquistados, mas fazê-los comprar outras categorias além das que eles já estão acostumados. No caso do canal farma, por exemplo, é importante ter ferramentas que impeçam o abandono de um tratamento. Isso faz crescer uma categoria.

4.Foco no preço, ao invés de geração de valor
A famosa comoditização de categoria. É pensar em como gerar mais valor para a categoria e não apenas envolvê-la em estratégias promocionais.

5.Foco na agenda do fornecedor, ao invés da necessidade do consumidor
Para o varejista o que importa é o consumidor. A indústria tem que ser parceira estratégica para ajudar no crescimento de consumo das categorias e ajudar o varejista a ganhar mercado.

Procure se preocupar com o básico primeiro, pois somente assim, conseguirá realizar o desenvolvimento de categorias de forma estruturada e com isso, garantir a satisfação dos clientes e o aumento das vendas.

Fonte: ESPM

Voltar para blog

Agende uma reunião, sem compromisso, para discutir o seu projeto e as melhores soluções para ele.

Entrar em contato